quarta-feira, 15 de setembro de 2010

São Paulo - Campos - São Paulo: Segundo Dia

A noite anterior fora tão tumultuada que nosso intrépido grupo, Carla, Einstein, Elcio, Maya e eu, além da Família Cunha e Paulo, "o agregado", demoramos pra ir dormir.

Tinhamos reservado 2 quartos no Hostel: 1 para os Cunha e outro pra gente. Acabou que o Paulo (garoto sangue-bão) ficou conosco no quarto. O problema é que o quarto era para 5 pessoas e ficamos em 6. Imaginem o caos! hehehe!

Combinamos tomaríamos café as 6 da manhã, pra que as 8 estivéssemos em Santo Antonio do Pinhal (SAP) pra nos juntar ao Elio e sua família/namorada, Paulo Race e sua "coleguinha", entre outros!

Pois é...acordamos perto das 7hrs e imagina como foi sair do quarto...

Elcio
















Carlinha, a Noiva do Einstein
















Paulo, "o agregado"
















O salafrário que vos escreve.
















A mão do Einstein dando aquela travesseirada na Maya!
















Como o fotografo era o Einstein, não rolou foto dele!

Muito tempo de pois da guerra de travesseiros, campeonato de flatulência (Elcio e Einstein) e a preguiça habitual, fomos tomar café e nos aprontar pro pedal.

Einstein e Elcio
















E o restante da galera!

















Tomamos café, pegas as bikes e zarpamos. Teríamos que descer a serra nova até SAP pra encontrar o pessoal na "Igrejinha".

Legal...mas nem tanto: Logo que chegamos perto do Portal da Cidade, Maya diz que está sentindo uma dor incômoda nos joelhos. Então ela decide voltar e acabou virando nosso carro de apoio e guardiã do casal Bebel/Paulo.

Ficamos, Eda Cunha (E.Cunha), Carla e eu pra descer a serra, pois Elcio e Einstein já tinha decido, pra não deixar o pessoal preocupado lá em SAP.
Nesse meio tempo, Anderson Cunha (A.Cunha) deu aulas de como dirigir um carro automático pra Maya e desceu sozinho.

Logo chegamos ao encontro dos nossos intrépidos amigos ciclistas:

Alguns minutinhos depois, chegou quem faltava: Tio A.Cunha!
















Hora de alinhar pra foto oficial:
















Time to go!

Começamos em um ritmo moderado...eu fui o ultimo a largar. A galera tava muito animada e o clima estava ameno. Muito bom pra um pedalzinho!

Eu comecei a sentir que as pernas estavam bem, apesar da viagem do dia anterior e fui apertando o passo.
Pouco a pouco, fui passando pelo pessoal, sempre fazendo aquele social que eu gosto e faço com muito prazer: tapinha nas costas, uma conversa rápida, um incentivo e "tome pedal".

Quando pensei que não, estava na frente do pelote, tentando buscar o Elcio, que apesar de ter quebrado no dia anterior, tava cheio de gás, (inclusive no sentido literal da expressão).
O rapaz tava com fome. Fome de Pedal!

Fiz algumas investidas, mas não obtive sucesso. O trecho inicial tem muitas decidas e curvas, quesito que eu preciso melhorar muito (assim como em retas e subidas, ahahaha)

O negócio é que pouco a pouco, fui chegando, até que ficamos alguns minutos pedalando juntos.

Numa descida com uma curva pra direita, tinha muita areia e pedriscos. Nesse ponto, o Elcio quase foi pro chão, mas a sua perícia e agilidade o salvaram.

Desse trecho pra frente, ele foi ficando pra tras, e eu assumi a "tête de la course"!
Comecei a me empolgar, pedalando firme e forte. Tava me sentindo muito bem.

Alguns minutos depois, aparece a Maya e os Pombinhos (Bebel/Paulo). Não resisti:
- Maya, qual é o TimeGap?"
- Ah, Tux...tão há uns 4, 5 min..."
- Legal...daqui a pouco alguém encosta!
- Vai lá...manda ver!
- Valews!

Ela seguiu pra tirar fotos, enquanto eu ia concentrado.
Pouco depois, começaram as fotos em pontos fixos, tiradas pela Maya:
































































































































Depois de um baita tempo, me aparece a Maya de novo:

- E aí Maya...tão chegando já?
- Que nada Tux...vc tá uns 15min à frente!
- Tá de onda?
- É sério...o Elcio e o A.Cunha tão vindo bem, mas estão longe ainda!

E eu comecei a sentir o gosto da vitória. Seria o Rei da Montanha...
Bem...mais ou menos...

Mantive o ritmo forte, mas pedalar sozinho quando se é inexperiente tem seus problemas...
O esforço que fiz no começo começou a cobrar seu preço e eu não tinha como dosar adequadamente, pois não lembrava de um ponto de referencia pra medir a distancia que faltava para a meta.

Fui quebrando aos poucos...apesar do esforço e da luta pra me manter num passo minimamente confortável tudo foi em vão: Parei e deitei no chão.
Fiquei uns minutos...como ninguém chegou, me animei e resolvi levantar e continuar sozinho.

Continuei por mais alguns minutos, mas não deu outra: cãibras. Eu quase caí da bike enquanto desclipava.
Sentei numa curva e fiquei um tempão. Logo, Elcio passou. Perguntou como eu estava, mas eu disse pra ele que já ia voltar...

E nisso passou um punhado de gente!

Tava desistindo. Liguei pra Maya e pedi resgate. Não demorou muito, ela chegou e me ajudou a por a bike no carro. Daí voltamos pra escoltar o Pai do Elio, Carlinha e E.Cunha, que vinham atrás.

Ao me ver, a Carlinha, meio que bufando por conta do esforço, mas com a maior cara de pau do mundo soltou: "vai desistir, VIADINHO?".

Cara...isso mexeu com o meu brio.
Imediatamente, disse pra Maya: "Me deixa exatamente onde você me pegou. Vou esperar a Carlinha lá e vou subir com ela."

Foi o que fizemos: Maya dirigiu até onde ela me pegou, desci a bike, enchi a caramanhola e, quando Carla chegou, estava pronto pra subir com ela.

Fomos juntos, até o fim. Ela estava realmente cansada, pois nunca subira tantas ladeiras antes.
Mas Carla tem algo que pouca gente tem: perseverança! Ela até brincou, dizendo que "não queria brincar mais", mas no fundo, eu via que ela estava engajada em terminar pedalando.

Essa atitude me deu força pra continuar, mesmo que bem devagar.

Fui dando algum apoio à ela, conversando e tal, mas em certo ponto, percebi que sua concentração precisava de silencio...então fui subindo, sempre olhando pra ver se ela estava bem. Deixei que ela vencesse a si própria, à sua maneira.

Quando estavamos chegando à meta, a galera toda reunida começou a dar gritos de incentivo...Carla e eu nos enchemos de alegria, pois o sofrimento estava pra acabar (ehehehe).

















Aí virou aquela farra de gritar "Allez, Allez, Allez"!

Isso me incentivou a dar uma de "Marco Pantani" (um dos meus heróis do ciclismo): grudei no drop e fui pro (pretenso) sprint final.


Carlinha não resistiu e também levantou do selim pra ficar bem na foto nos metros finais!
















Cara...foi legal a galera ter dado esse incentivo. Carla e eu abrimos um sorrisão e fomos recebidos pelos amigos calorosamente! Uma cena muito bacana na minha memória!

Papos, tiração de onda com minha fuga suicida, tiramos foto das nossas bikes:
































Depois, foto dos "pedaleiros"
















































Juntamos as forças que nos restavam e fomos atrás do nosso prêmio: ALMOÇO!

















Achamos um restaurante "BBB", e começamos a "comilança"
































Depois do rango, ainda teve uma paradinha pra uma sobremesa e um cafezinho, antes de voltarmos pro Hostel.

Gostaria de deixar registrado os meus parabéns pro nosso "King of The Mountains", Dr. Frielcio e o prêmio de "Reconhecimento pelo Esforço" para a Carlinha.
Agradecer a Maya pelo resgate e aos Cunha, por ter deixado um carro tão confortável como apoio! hehehe!

E, como não podia deixar de ser, gostaria de me parabenizar pelo prêmio de "Combatividade" e de "Metas Volantes" hahahaha!

Também quero deixar meu obrigado pra todo mundo que esteve lá conosco. Foi uma bela festa!

Até a próxima!!!

4 comentários:

Maya disse...

Um dia eu vou ficar tão forte qt vcs!! A ponto de enfrentar a ida pra Campos e ainda fazer treino de monatnah no dia seguinte! Anota aí! rsrsrs

FabioTux® disse...

Tá anotado! ;)

EInstein disse...

Essa mão que vc diz ser minha não pode ser porque eu não sou peludo... e não posso tirar foto e dar travesseirada ao mesmo tempo :P

EInstein disse...

Essa mão que vc diz ser minha não pode ser porque eu não sou peludo... e não posso tirar foto e dar travesseirada ao mesmo tempo :P