quarta-feira, 15 de setembro de 2010

São Paulo - Campos - São Paulo: Terceiro Dia

Depois de voltarmos do treino de montanha, durante o café da tarde discutimos o roteiro do nosso terceiro dia em Campos.

A.Cunha, munido de seu NetBook começou a vasculhar informações sobre dois locais interessantes: O Pico de Itapeva e o Horto Florestal.
Fizemos algumas considerações e combinamos, ainda no domingo, que a segunda-feira esse seria o roteiro. Primeiro o Pico de Itapeva e, caso a galera estive bem, iriamos para o Horto.

Nesse dia, Carla & Maya seguiram no carro de apoio. Carlinha estava bem cansada e Maya queria se guardar para a volta pra casa. Sábia decisão a delas.

O Pico está a 2.100mts de altitude. Campos está mais ou menos à 1600mts.

O roteiro começa passando por um local bonito (que não me lembro o nome), que tem um percurso de arborismo (ou arvorismo, sei lá) que estava bem cheio.
Paramos lá pra uma fotinho:













Passamos por condomínios/pousadas/hoteis bem bonitos, lindas paisagens e subidinhas que iam ganhando inclinação conforme avançávamos...










































Fizemos algumas paradas ao longo do percurso, pois não há como não parar pra saborear a beleza da região.

















E tome subida! :D

Chegamos em um ponto onde tinham vários "tobogãs", inclinações gigantescas, umas decidas pra compensar e, de repente...NEBLINA!
Essa parte foi muito show. Tinhamos que vencer uma subida muito forte e fomos engolidos pelas "Brumas de Avalon".
O frio era tão absurdo quanto a subida, mas como estavamos fazendo força, terminamos a ladeira e chegamos ao tal Pico.

Einstein e eu seguimos até onde existem uma Antena de Rádio (penso eu) e um Mirante que dizem que dá pra visualizar umas 8 cidades (ou mais).

Já o casal A.Cunha e o Elcio pararam antes da subidinha final pra registrar a chegada.





















Pois bem...todos subiram ao mirante e obviamente não tinha nada pra gente "mirar"! hehehe!
Saca a neblina:
















Sentimo-nos enganados por essa plaquinha mequetrefe:
















Os caras tinham de ter escrito: "Ali você verá, caso não haja neblina..."
Quero meu dinheiro de volta! hehehe! Brincadeira, não pagamos nada!

















Logo saimos do local, rumo ao tal Horto Florestal.

Na descida do Pico, quase tivemos um acidente: O Nosso intrépido Frielcio teve problemas de aderência com a roda traseira no meio de uma curva.
Mais uma vez, ele se valeu de sua perícia e agilidade pra escapar de uma tragédia.

Paramos no lugar onde tiramos a primeira foto desse passeio antes de rumar pro Horto.
Alguns minutos de conversa, uma troca de câmara de ar na bike do Elcio e pé na estrada!

O caminho é bem bonito, cheio de pequenos tobogãs. A única ressalva é que tinham partes da estrada que estavam em manutenção.
Essas subidas e decidas nos deixaram preocupados, pois imaginávamos que seria dura a volta.

Quando chegamos às portas do Horto, olhamos e vimos uma plaquinha, dizendo que tinhamos de pagar pra entrar. Pô...pagar? No way!
Voltamos no mesmo rastro.

Todos estavam famintos, então decidimos procurar restaurantes ao longo do caminho. O problema é que, como o tal horto é bem afastado, tudo é muito caro.

Como ainda estávamos bem, resolvemos voltar ao centro da cidade e almoçar num restaurante baratinho.

Depois de vencer o percurso de volta, almoçamos e voltamos pro Hostel, pra aproveitar nosso ultimo dia em Campos...terça-feira tava batento à nossa porta! ;)

Infelizmente a bateria da câmera fotográfica estava fraca, então tivemos pouquíssimos registros fotográficos desse City Tour. Uma pena!

De qualquer maneira, fica na nossa memória as lindas paisagens, as subidas maravilhosamente difíceis e o prazer de ter curtido isso tudo com os amigos!

Um comentário:

Maya disse...

Poxa!! Só agora vi seu post!! rsrsrs

Agora vou ficar esperando o da volta de Campos, que será mega interessante! rsrs Principalmente pq a pequena aqui voltou pedalando!
Posta aí!!!